Mês: fevereiro 2011

VBScript cria usuário e adiciona em grupo Administradores

var addthis_config = {
ui_click: true /* normally would disable mouseover behavior */
}

Algumas vezes necessitamos criar um usuário e adicioná-lo no Grupo Adminstradores local do Servidor ou Estação em Rede.

Para tal, segue o mesmo abaixo:

On Error Resume Next

strComputer = inputbox(“Entre com o Nome do Computador ou IP”)
strPassword = “SENHA123” ‘inputbox(“Entre com a Senha”)

Set colAccounts = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “”)
Set objUser = colAccounts.Create(“user”, “usuario”)
objUser.SetPassword strPassword
objUser.SetInfo

Set objUser = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “usuario, user”)
objUser.SetPassword strPassword
objUser.SetInfo

‘Set the password to never expire.
Set objUser = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “/usuario,user”)
objGroup.Add(objUser.ADsPath)
Const ADS_UF_DONT_EXPIRE_PASSWD = &h10000
Set objUser = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “/usuario, user”)
objUserFlags = objUser.Get(“UserFlags”)
objPasswordExpirationFlag = objUserFlags OR ADS_UF_DONT_EXPIRE_PASSWD
objUser.Put “userFlags”, objPasswordExpirationFlag
objUser.SetInfo

‘Add user to Local Administrators Group
Set objGroup = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “/Administrators,group”)
Set objUser = GetObject(“WinNT://” & strComputer & “/usuario,user”)
objGroup.Add(objUser.ADsPath)

wscript.Echo “Usuário e senha criado com Sucesso ” & strComputer

//

Anúncios

Correção WMI Corruption

Uma vez me foi relatado erro ao executar um gpresult em determinado usuário, do qual após troubleshooting, log de evento no Serviço WMI, encontrei alguns links falando a respeito.

Para tal segue abaixo links de pesquisa e dois modos de se reconstruir a biblioteca wmi.

http://64.4.11.252/en-us/library/cc774966(WS.10).aspx

http://www.pcpitstop.com/pcpitstop/FixWmi.asp

http://technet.microsoft.com/pt-br/scriptcenter

http://forums.techarena.in/windows-software/1206781.htm

http://www.djkaty.com/wmicorruption

Para solução do problema foi feita a seguinte ação:

1) Forma Primária de reconstrução

Copia antes todos os arquivos em c:\windows\system32\wbem;

net stop winmgmt

pause

c:

cd c:\windows\system32\wbem

rd /S /Q repository

regsvr32 /s %systemroot%\system32\scecli.dll

regsvr32 /s %systemroot%\system32\userenv.dll

mofcomp cimwin32.mof

mofcomp cimwin32.mfl

mofcomp rsop.mof

mofcomp rsop.mfl

for /f %%s in (‘dir /b /s *.dll’) do regsvr32 /s %%s

for /f %%s in (‘dir /b *.mof’) do mofcomp %%s

for /f %%s in (‘dir /b *.mfl’) do mofcomp %%s

mofcomp exwmi.mof

mofcomp -n:root\cimv2\applications\exchange wbemcons.mof

mofcomp -n:root\cimv2\applications\exchange smtpcons.mof

mofcomp exmgmt.mof

Restart Estação de Trabalho.

2) Forma Secundária em caso a primeira não funcionar:

net stop winmgmt

Acessar %systemroot%\system32\wbem

Deletar a pasta: repository folder

net start winmgmt

cd /d %windir%\system32\wbem

for %i in (*.dll) do RegSvr32 -s %i

for %i in (*.exe) do %i /RegServer

VBScript para limpeza de Arquivos antigos em pastas e subpastas

Olá Pessoal !

Estou postando aqui um vbscript do qual efetua uma limpeza na pasta da qual você especificar, mantendo somente os dias que você quiser.

Dê uma olhada::

‘*******************************************************************************************************************

‘* Script: DeleteOldFiles_Folder_SubFolder.vbs *

‘* Criado: 10/02/2011 *

‘* Autor: Ulisses Poveda do Nascimento *

‘* Blog: https://unascimento.wordpress.com *

‘* Descrição: Limpeza da Transfer, basta determinar caminho (variavel “A”)e quantidade de dias (variavel “B”). *

‘* Instalar: Copiar este script para uma pasta em determinado Servidor e no mesmo criar uma task no Servidor e *

‘* configurar para executar este script e agendar conforme necessidade. *

‘*******************************************************************************************************************

‘Configura variáveis

‘Variavel “A”

Transfer = “c:caminho completo da pasta” ‘caminho fisico da Transfer no Servidor

‘Configurando objetos e erros.

On Error Resume Next

Dim fso

Dim objFolder

Dim objFile

Dim objSubfolder

Set fso = CreateObject(“Scripting.FileSystemObject”)

Set objFolder = fso.GetFolder(Transfer)

‘Variavel “B”

DataAntiga = DateAdd(“d”, -14, Date)

DeleteOldFiles Transfer, DataAntiga

Function DeleteOldFiles(folderName, BeforeDate)

Dim folder, file, fileCollection, folderCollection, subFolder

Set folder = fso.GetFolder(folderName)

Set fileCollection = folder.Files

‘Deleta todos arquivos não acessados a quantidade de dias especificado anteriormente.

For Each file In fileCollection

If file.DateLastModified < BeforeDate Then

fso.DeleteFile file.Path

End If

Next

‘Deleta arquivos em subfolder com condições aqui especificada

Set folderCollection = folder.SubFolders

For Each subFolder In folderCollection

DeleteOldFiles subFolder.Path, BeforeDate

Next

End Function

No Script acima basta especificar a pasta e na ‘Variavel “B” colocar a quantidade de dias que deseja manter o arquivo na pasta.

Outra função que pode ser adicionada, seria a limpeza de pastas vazias, para isso utilize com a função abaixo:

‘Função Delete pastas vazias

Function DeleteEmptyFolders(foldername)

For Each Folder In fso.GetFolder(foldername).SubFolders

DeleteEmptyFolders(Folder.Path)

If Folder.Files.Count = 0 and Folder.SubFolders.Count = 0 Then

fso.DeleteFolder(Folder.Path)

End If

Next

End Function

No próximo post, vou publicar algumas coisas de shell, do qual acho interessante o conhecimento e aplicação.

Dicas e Truques para o Exame 70-659: TS: Windows Server 2008 R2, Server Virtualization

Sobre este Exame:

Este exame é voltado para validar as suas competências em torno das áreas de produtos de servidor da Microsoft e tecnologias de virtualização.

Perfil do Candidato:

Os candidatos para esse exame devem ter mais de um ano e meio de experiência de trabalho com o Windows Server 2008, incluindo o Windows Server 2008 R2, Microsoft Hyper-V Server 2008 e o Hyper-V 2008 R2. Além disso, os candidatos deve ter experiência com os produtos de virtualização de servidores e tecnologias, incluindo System Center Virtual Machine Manager 2008, o Virtual Machine Manager 2008 R2, o System Center Operations Manager 2007 R2, Windows PowerShell 2.0 e o System Center Data Protection Manager (DPM) 2007.

Materiais Preparatórios:

Para ajudar você a se preparar para este exame, a Microsoft learning recomenda que você tenha experiência prática com o produto e que você use os recursos de formação a seguir. Este recurso de formação não abrange necessariamente todos os tópicos listados na seção “habilidades avaliadas”

Treinamento em Classe:

* 10215AD: Implementing and Managing Microsoft Server Virtualization (5 Days)
* 10215A: Implementing and Managing Microsoft Server Virtualization (5 Days)

Microsoft Press Books:

MCTS selft-Paced Training Kit (Exam 70-652): Configuring Windows Server Virtualization

Recursos de Canais Online:

Technet

MSDN

Nota: Este exame já está disponível em português (brasil);

Habilidades que está sendo medida:

Este exame mede a sua capacidade para realizar as tarefas técnicas listas abaixo.

As percentagens indicam o peso relativo de cada tópico importante no exame.

Installing and Configuring Host and Parent Settings

* Adicionando o Hyper-V role no Windows Server 2008 R2

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: instalação e configuração do Hyper-V no Server Core, verificando as configurações da Bios (ou seja DEP), acrescentando a função Hyper-V usando o Virtual Machine Manager, a configuração do Hyper-V Server R2, identificando os requisitos de hardware.

* Habilitando o gerenciamento Remoto.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: Implantação do Virtual Machine Manager Agent, configurações de regras do firewall, configurar as definições do virtual machine manager.

* Configurar redes virtuais e segurança das VLAN.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: Configurar Media Access Control (MAC) address pools, configurar as localizações das redes, configurar VLAN tags, configurar seguranças das VLANs, configurar redes virtuais.

* Configurar Storage.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurar Multi Path Input Output (MPIO), executando o comando mpiocpl.exe, dynamics I/O redirection, iSCSI initiator, executando o comando iscsicli.exe.

Configurando Child Settings

* Configurando recursos filho.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurar discos, redes, CPU, e memoria.

* Configurar o armazenamento filho.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurando dynamic VM storage, criando discos diferencias, configurando pass-through disks, snapshots, gerenciando GUIDs, gerenciando logical unit numbers (LUNs), editando VHDs, copiando discos físicos para VHDs.

* Configurando adaptadores de rede filho.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: criando adaptadores de rede sintético e adaptadores de rede emulados, Configurando MAC spoofing, configurando VLAN ID, configurando jumbo frame, configurando TCP Offloading Engine (TOE).

* Criando e implantando máquinas virtuais.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: criar, clonar, implantar, e salvar a máquina virtual usando o Virtual Machine Manager; criar máquinas virtuais usando o Hyper-V Manager, configurar Self-Service Portal, scripting e implantação de máquinas virtuais usando Windows PowerShell

Gerenciando e Monitorando ambiente virtuais

* Resolvendo questões de performance e recursos.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurando performance e resources optimization (PRO), monitorando o ambiente virtual usando o System Center Operations manager 2207 R2, configurando event triggers, alocando recursos para usar o Virtual Machine Manager, acompanhando o desempenho e diagnostico de problemas usando o Monitor de Desempenho ou Monitor de recursos.

* Configurando delegation of rights.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: criar politicas de usuário pelo Self Service Portal, criando e gerenciando templates, gerenciando e replicando libraries no Virtual Machine Manager.

* Criando regras e configurando authorization rights.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: criar regras e delegar permissão usando o Authorization Manager (AzMan), delegando permissão manualmente.

* Gerenciando non-Hyper-V-aware virtualization hosts.

Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: gerenciar ESX/VI3 VMware host usando Virtual Machine Manager, gerenciando Virtual Server 2005 R2 hosts usando Virtual Machine Manager.

Assegurando HA e Recover

* Gerenciando snapshots.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: criar, reverter, merge, deletar, e aplicar snapshots; configurando os locais de armazenamento.

* Gerenciando bakups.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: gerenciar backups online e off-line usando o DPM, Windows Server Backup, ou Volume Shadow Copy Service (VSS)

* Executando non-clustered migrations

– Este objetivo inclui, mas não está limitado a: executar a SAN migration de uma partição filha, executar a migração de rede de uma partição filha.

* Configurar o quick e o live Migrations.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurar a rede e storage para clustered Hyper-V setup, habilitar Cluster Shared Volumes (CSV), configurando dynamic I/O redirection

Executando Migração

* Executando physical-to-virtual (P2V) migration.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurar Virtual Machine Manager Intelligent Placement, executando migração online e off-line .

* Executando a migração através do import/export.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurações de sessão do host, as configurações de autenticação no nível de rede, as configurações de licença; restringir os usuários a única sessão remota, que permite o redirecionamento de fuso horário; configurar redirecionamento de recursos, a configuração de criptografia, configurarem o suporte multi-monitor.

* Configurando a Licença do RD.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: ativando e desativando o remote desktop license servisse, instalando e revogando cliente access licenses (CALs), relatórios de uso da CAL.

* Configurando RD Connection Broker.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: instalando o RD Connection Broker, configurando DNS para o connection broker, configurando connection broker farms, integrando com RD Virtualization Host role service.

* Configurando RD Gateway.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurar RD gateway, integrando RD gateway com network access protection (NAP), configurando authentication authorization.

* Configurando RD Web Access.

– Este objetivo pode incluir, mas não está limitado a: configurando RD web Access, configurando opções de autenticação (forms, single sign-on), configurando per-user RemoteApp program filtering, configurar as opções de computador publico e privado.

Nota: Este exame tem duração de 02:45 (hh:mm)

Questão 1 – Na sua empresa tem um Servidor com Microsoft Hyper-V Server 2008 R2 no ambiente. Você precisa fazer o backup manual de uma partição filha enquanto ela está desligada. Quais são os dois elementos que você deve fazer o backup?

O arquivo .vhd

O arquivo de configuração .XML

Dicas: O que é um arquivo .vhd – Basicamente um arquivo . vhd é um disco rígido virtual que é uma representação baseada em arquivos de um disco rígido físico, com repetição completa de uma estrutura de header do disco. É capaz de gerar uma cópia idêntica (1:1) de um disco rígido, sem compactação.

As máquinas virtuais exige o mesmo hardware básico do que uma máquina física precisa para iniciar uma operação: uma placa-mãe, BIOS, memória, placa de rede, teclado, mouse, monitor e um disco rígido. A arquitetura do Hyper-V garante que as máquinas virtuais tenham a maior portabilidade possível. Um desafio do projeto de portabilidade foi como fazer uma máquina virtual em um disco rígido portátil e acessível ao mesmo tempo proporcionando um desempenho aceitável.

Existem cinco tipos de virtual hard disk:

* Fixed hard disk;
* Dynamically expanding hard disk.
* Differencing hard disk;
* Undo hard disk (não é usado pelo Hyper-V);
* Automatic virtual hard disk

O que é um arquivo .xml – Quando a informação do assistente é submetida ao Hyper-V, um novo arquivo de configuração da máquina virtual (.xml) que contém as informações de configuração é criado.

Para mais informações consulte: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc708315(WS.10).aspx

http://blogs.technet.com/b/puneetvig/

http://download.microsoft.com/download/0/7/7/0778C0BB-5281-4390-92CD-EC138A18F2F9/WS08_R2_VHD_Performance_WhitePaper.docx

Questão 2 – Você instala o Windows Server 2008 R2 (server core) em um servidor. Você precisa habilitar o gerenciamento remoto para os discos no servidor usando o Disk Manager. O que você deve fazer?

Execute o seguinte comando: Netsh advfirewall Firewall set rule group=”Remote Volume Management” new enable=yes command.

Dicas: http://blogs.technet.com/b/server_core/archive/2008/01/14/configuring-the-firewall-for-remote-management-of-a-workgroup-server-core-installation.aspx

Questão 3 – Todos os servidores na sua rede executa o Windows Server 2008 R2. Você implanta o Remote Desktop Services (RDS). Você está configurando o Remote Desktop Session Host (RD Session Host). Você precisa assegurar que os programas que estão sendo executado continuem em execução quando os usuários não estão mais ativos no RD Sessions. Qual a configuração você deve habilitar?

Finalizar uma sessão desconectada (End a disconnected session)

Dicas: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc754272.aspx

Questão 4 – Você está configurando seu Microsoft System Center Virtual Machine Manager (VMM) 2008 R2 no ambiente. O VMware ESX 3.5 chamado de Host1 está adicionado em uma infra-estrutura existente do VMware Infrastructure 3 (VI3), para que você gerencie usando o VMM. Você precisa adicionar o Host1 no seu ambiente que tem o VMM. O que você deve fazer?

Você deve usar o Add host Wizard, selecionar o VMware ESX Server (qualquer localização). No campo nome do computador, coloque tipo o Fully qualified domain name (FQDN) do Host1.

Dicas: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc917961.aspx

Questão 5 – Na sua companhia usa o Remote Desktop Services (RDS). Você instala e configura o Remote Desktop Gateway (RD Gateway) em um servidor que executa o Windows Server 2008 R2. Os funcionários se conectam ao RDS de computadores remotos não gerenciados. Os empregados não são capazes de acessar o servidor gateway, a partir dos computadores não gerenciados remotos. Você precisa garantir que os funcionários possam acessar o RD Gateway server.

Você deve criar um Remote desktop connection authorization policy (RD CAP).

Dicas: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc753324(WS.10).aspx

Questão 6 – Você usa o Microsoft System Center Virtual Machine Manager (VMM) 2008 R2, para criar e gerenciar as máquinas virtuais (VMs). Você está tentando criar a primeira VM no Hyper-V usando o Windows Powershel. Você recebe uma mensagem de erro informando que a New-VM PowerShell cmdlet não é reconhecida. Você precisa ser capaz de criar a VM usando o PowerShell. O que você deve fazer?

No Windows PowerShell, execute o seguinte cmdlet: Add-PSSnapin Microsoft.SystemCenter.VirtualmachineManager.

Dicas: http://pshyperv.codeplex.com/releases/view/38769 http://blogs.technet.com/b/scvmm/, http://blogs.msdn.com/b/powershell/

Questão 7 – Você usa o Microsoft System Center Virtual Machine Manager (VMM) 2008 R2 para gerenciar seu ambiente virtual. Falhas ocorrem quando você executa a conversão P2V off-line usando o VMM. Você precisa assegurar que você está com as informações necessárias para fazer um troubleshoot do problema. O que você deve fazer?

Crie o arquivo scvmm_winpe_tracing.txt.

Dicas: http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb963740.aspx

Questão 8 – Seu ambiente virtual inclui um Windows Server 2008 R2 Hyper-V failover. Você gerencia o ambiente usando o Microsoft System Center Virtual Machine Manager (VMM) 2008 R2. Você precisa configurar o live migration para as máquinas virtuais (VMs). O que você deve fazer?

No Failover Cluster Manager, edite as propriedades da VM.

Questão 9 – Você usa o Hyper-V Manager para ciar uma nova Máquina virtual chamada Skate1. Skate1 tem a seguinte configuração:

Você inicia skate1 e inicia a instalação do Windows Server 2008 R2 a partir do DVD. Uma mensagem de erro ocorre, e você está impossibilitado de instalar o Windows. O que você precisa fazer para instalar o Windows Server 2008 R2 no Skate1?

ff

ff

Adicione o skate1.vhd no IDE Controller 0

Questão 10- Seu Hyper-V servers roda Windows Server 2008 R2 Standard. Você gerencia o ambiente virtual usando o Microsoft System Center Virtual Machine Mananger (VMM) 2008 R2. Você precisa assegurar que você consiga migrar as partições filhas entre os servidores. O que você precisa fazer?

SAN Migration

Network Migration

Dicas: http://www.gilham.org/Blog/Lists/Posts/Post.aspx?List=aab85845%2D88d2%2D4091%2D8088%2Da6bbce0a4304&ID=119

Questão 11 – Você instala o Windows Server 2008 R2 Enterprise (versão Full). Você precisa habilitar a role do Hyper-V no servidor.

Start /w ocsetup Microsoft-Hyper-V

Add-WindowsFeature Hyper-V (commando powershell)

Dicas: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc732470(WS.10).aspx

http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc732263(WS.10).aspx

Questão 12 – Você está com o Windows Server 2008 R2 Hyper-V server. Você precisa assegurar que você será solicitado a especificar um nome para quando criar o snapshot.

Essa opção será apresentada no Virtual Machine Connection

Questão 13 – Você instala Windows Server 2008 R2 (Server Core) em um servidor. O servidor está armazenando uma máquina virtual (VMs) em um volume que está conectado no servidor por meio de uma conexão iSCSI. Você precisa configurar o servidor para que as máquinas virtuais possam ser armazenadas no volume iSCSI.

iscsi qaddTarget

iscsi qloginTarget

Dicas: http://blogs.technet.com/b/daven/archive/2008/06/19/iscsi.aspx

http://www.virtualizationteam.com/microsoft/hyper-v/building-a-cluster-with-hyper-v-and-server-core-part-2-and-creating-a-windows-server-2008-cluster.html

http://blogs.msdn.com/b/san/archive/2008/09/18/iscsicli-batch-file-to-quickly-connect-to-an-iscsi-target.aspx

Questão 14 – Você está com o Windows Server 2008 R2 Hyper-V Server com um único adaptador de rede que está conectado na rede. A rede virtual está configurada como Externa. As Máquinas virtuais (VMs) em execução no servidor não são capazes de se comunicar com o servidor host na rede. Você precisa se certificar que a VM que está sendo executada no servidor são capazes de se comunicar com o servidor host na rede. O que você precisa fazer?

Selecione a opção Permitir gerenciamento do sistema operacional para compartilhar este adaptador de rede.

Questão 15 – Sua empresa tem um Active Directory que inclui um grupo de segurança chamado Desenvolvedores. Você tem um member server que roda Windows Server 2008 R2 com o Hyper-V. Você precisa assegurar que os membros do grupo de Desenvolvimento possa só gerenciar as Máquinas Virtuais (VMs). Os membros desse grupo não devem ter privilégios administrativos sobre o servidor host.

Você deve usar o Authorization Manager

Dicas: http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc754509.aspx

Questão 16 – Você esta configurando uma máquina virtual que está sendo executada em um servidor com Windows Server 2008 R2. O primeiro disco virtual está conectado ao IDE 0. Você precisa adicionar discos virtuais na VM sem desligá-la. O que você deve fazer?

Adicione os discos virtuais a uma controladora SCSI existente.

Questão 17 – Você usa o System Center Virtual Machine Manager (VMM) 2008 R2 para gerenciar o seu Hyper-V. Você tem uma aplicação legada que não é suportada no Windows Server 2008 R2. A aplicação roda em um servidor que tem a seguinte configuração:

Um disco de 12GB, formatado com FAT

512 de RAM

Você precisa assegurar que você possa executar o P2V do servidor. O que você precisa fazer?

Use o off-line P2V.

Questão 18 – Você está com uma Microsoft Hyper-V Server 2008. Você precisa ingressar o servidor em um domínio existente do Active Directory.

Use o hvconfig.

Complementos:

Anúncio Oficial do E-Book : http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/02/16/free-ebook-understanding-microsoft-virtualization-r2-solutions.aspx

Download em formato XPS : http://download.microsoft.com/download/5/B/4/5B46A838-67BB-4F7C-92CB-EABCA285DFDD/693821ebook.xps

Download em format PDF : http://download.microsoft.com/download/5/B/4/5B46A838-67BB-4F7C-92CB-EABCA285DFDD/693821ebook.pdf

E-books Hyper-V: http://cid-1086a9220673fc8c.office.live.com/browse.aspx/E-book%20Hyper-V

Boa Prova a todos;

Dicas e Sugestões: wilstermanfernandes@hotmail.com

Wilsterman Fernandes
0.000000 0.000000

30 30UTC dezembro 30UTC 2010 Posted by Wilsterman Fernandes | Hyper-V | Deixe um comentário

Memória Dinâmica Hyper-V 2008 R2

O gerenciamento de memória dinâmica já está disponível no Hyper-V com a instalação do SP1 beta do Windows Server 2008 R2.

Este Recurso permite que o Hyper-V gerencie e deixe a memória em equilíbrio automaticamente entre máquinas virtuais em execução.

Ajustando a quantidade de memória disponível para as máquinas virtuais de acordo com às necessidades de cada VM.

O Dynamic Memory está disponível para o Hyper-V na versão .Beta do Windows Server 2008 R2 Service Pack 1 (SP1)

Habilitando a seguinte opção:

Utilizando Disk2VHD

Disk2vhd é um utilitário que cria VHD (Virtual Hard Disk – Microsoft Virtual Machine formato de disco) versões de discos físicos para uso no Microsoft Virtual PC ou computadores com o Microsoft Hyper-V virtuais (VMs). The difference between Disk2vhd and other physical-to-virtual tools is that you can run Disk2vhd on a system that’s online. A diferença entre Disk2vhd e outras ferramentas de física para virtual é que você pode executar Disk2vhd em um sistema que esteja online. Disk2vhd uses Windows’ Volume Snapshot capability, introduced in Windows XP, to create consistent point-in-time snapshots of the volumes you want to include in a conversion. Disk2vhd utiliza a capacidade do Windows instantâneo do volume, introduzido no Windows XP, para criar instantâneos consistente point-in-time dos volumes que você deseja incluir em uma conversão. You can even have Disk2vhd create the VHDs on local volumes, even ones being converted (though performance is better when the VHD is on a disk different than ones being converted). Você pode até ter Disk2vhd criar o VHDs em volumes locais, ainda estão sendo convertidas (embora o desempenho é melhor quando o VHD está em um disco diferente do que estão sendo convertidas).

The Disk2vhd user interface lists the volumes present on the system: A interface do usuário Disk2vhd lista os volumes presentes no sistema:

foto1

Ele vai criar um VHD para cada disco no qual residem os volumes selecionados. It preserves the partitioning information of the disk, but only copies the data contents for volumes on the disk that are selected. Ele preserva as informações de particionamento do disco, mas apenas copia o conteúdo de dados para os volumes do disco que estão selecionadas. This enables you to capture just system volumes and exclude data volumes, for example. Isto permite-lhe captar volumes apenas o sistema e excluir volumes de dados, por exemplo.

Note: Virtual PC supports a maximum virtual disk size of 127GB. Nota: O Virtual PC suporta um disco virtual de tamanho máximo de 127GB. If you create a VHD from a larger disk it will not be accessible from a Virtual PC VM. Se você criar um VHD a partir de um disco maior não será acessível a partir de um PC virtual VM.

To use VHDs produced by Disk2vhd, create a VM with the desired characteristics and add the VHDs to the VM’s configuration as IDE disks. Para usar VHDs produzido por Disk2vhd, criar uma máquina virtual com as características desejadas e adicionar o VHD à configuração da VM como discos IDE. On first boot, a VM booting a captured copy of Windows will detect the VM’s hardware and automatically install drivers, if present in the image. Na primeira inicialização, uma VM bootar uma cópia do Windows irá detectar o hardware da máquina virtual e instalar automaticamente os drivers, se estiverem presentes na imagem. If the required drivers are not present, install them via the Virtual PC or Hyper-V integration components. Se os drivers necessários não estão presentes, instalá-los através do Virtual PC ou dos componentes de integração do Hyper-V. You can also attach to VHDs using the Windows 7 or Windows Server 2008 R2 Disk Management or Diskpart utilities. Você também pode anexar a VHDs usando o Windows 7 ou Windows Server 2008 R2 Gerenciamento de disco ou utilitários Diskpart.

Note: do not attach to VHDs on the same system on which you created them if you plan on booting from them. Nota: não juntar ao VHDs no mesmo sistema em que você criou, se você está pensando em iniciar a partir deles. If you do so, Windows will assign the VHD a new disk signature to avoid a collision with the signature of the VHD’s source disk. Se você fizer isso, o Windows irá atribuir o VHD uma nova assinatura de disco para evitar uma colisão com a assinatura do VHD fonte do disco. Windows references disks in the boot configuration database (BCD) by disk signature, so when that happens Windows booted in a VM will fail to locate the boot disk. referências de discos do Windows no banco de dados de configuração de inicialização (BCD), mediante assinatura de disco, assim quando isso acontece o Windows inicializado em uma máquina virtual irá falhar para localizar o disco de boot.

Disk2vhd runs Windows XP SP2, Windows Server 2003 SP1, and higher, including x64 systems. Disk2vhd executa o Windows XP SP2, Windows Server 2003 SP1 e superior, incluindo sistemas x64.

Here’s a screenshot of a copy of a Windows Server 2008 R2 Hyper-V system running in a virtual machine on top of the system it was made from: Aqui está uma imagem de uma cópia do sistema Windows 2008 R2 Hyper-V Server rodando em uma máquina virtual em cima do sistema que foi feito a partir de:

foto2

Donwload

Estudo do MAP (Projeto de Virtualização e Estudo de Caso)

O MAP faz boa parte do serviço que um Engenheiro de Sistema geralmente fazia para migrar ambientes para as últimas versões de servidores e clientes, como Windows 2008 R2, Windows 7, Exchange 2010, etc. À partir de um cliente qualquer é possível instalá-lo e ele se encarrega de analisar toda a rede para buscar os sistemas que podem ser migrados, quais as configurações de hardware necessário, servidores que podem ser virtualizados, relatório de retorno de investimento, Green IT e várias outras informações muito úteis para mostrar o caminho das pedras da fase de planejamento e design de um projeto de migração.

Download: http://www.microsoft.com/downloads/en/details.aspx?FamilyID=67240b76-3148-4e49-943d-4d9ea7f77730&displaylang=en

obs.: Este post é do Leandro Carvalho que resolvi postar aqui para consulta posteriores.